segunda-feira, 8 de março de 2010

DIA INTERNACIONAL DA MULHER!!!!


Origem

A ideia da existência de um dia internacional da mulher foi proposta na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial, quando ocorre a incorporação da mão-de-obra feminina em massa, na indústria. As condições de trabalho, frequentemente insalubres e perigosas, eram motivo de frequentes protestos por parte dos trabalhadores. As operárias em fábricas de vestuário e indústria têxtil foram protagonistas de um desses protestos contra as más condições de trabalho e os baixos salários, em 8 de Março de 1857, em Nova Iorque.
Muitos outros protestos ocorreram nos anos seguintes, destacando-se o de 1908, quando 15.000 mulheres marcharam sobre a cidade de Nova Iorque, exigindo a redução de horário, melhores salários e direito ao voto.
O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de Fevereiro de 1909 nos Estados Unidos da América, por iniciativa do Partido Socialista da América.
Em 1910, ocorreu a primeira conferência internacional de mulheres, em Copenhaga, dirigida pela Internacional Socialista, quando foi aprovada proposta da socialista alemã Clara Zetkin, de instituição de um dia internacional da Mulher, embora nenhuma data tivesse sido especificada. No ano seguinte, o Dia Internacional da Mulher foi celebrado a 19 de Março, por mais de um milhão de pessoas, na ÁustriaDinamarcaAlemanha e Suíça.
Poucos dias depois, a 25 de Março de 1911, um incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist mataria 146 trabalhadores - a maioria costureiras. O número elevado de mortes foi atribuído às más condições de segurança do edifício. Este foi considerado como o pior incêndio da história de Nova Iorque, até 11 de setembro de 2001. Para Eva Blay, é provável que a morte das trabalhadoras da Triangle se tenha incorporado ao imaginário coletivo como sendo o fato que deu origem ao Dia Internacional da Mulher.
Na Rússia, as comemorações do Dia Internacional da Mulher foram o estopim da Revolução russa de 1917. Em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro pelo calendário juliano), a greve das operárias da indústria têxtil contra a fome, contra o czar Nicolau II e contra a participação do país na Primeira Guerra Mundial precipitou os acontecimentos que resultaram na Revolução de Fevereiro. Leon Trotsky assim registrou o evento: “Em 23 de fevereiro (8 de março no calendário gregorianoestavam planejadas ações revolucionárias. Pela manhã, a despeito das diretivas, as operárias têxteis deixaram o trabalho de várias fábricas e enviaram delegadas para solicitarem sustentação da greve. Todas saíram às ruas e a greve foi de massas. Mas não imaginávamos que este ‘dia das mulheres’ viria a inaugurar a revolução”. [1]
Membros da Liga Internacional das Mulheres, 1922.
Cartaz soviético de 1932. Em vermelho, lê-se: "8 de março é o dia da rebelião das mulheres trabalhadoras contra a escravidão da cozinha." Em cinza: "Diga NÃO à opressão e ao conformismo do trabalho doméstico!"
Após a Revolução de Outubro, a feminista bolchevique Alexandra Kollontai persuadiu Lenin para torná-lo num dia oficial que, durante o período soviético permaneceu numa celebração da "heróica mulher trabalhadora". No entanto, o feriado rapidamente perderia a vertente política e tornar-se-ia numa ocasião em que os homens manifestavam a simpatia ou amor pelas mulheres da vida —; uma mistura das festas ocidentais do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, com ofertas de prendas e flores dos homens às mulheres. O dia permanece como feriado oficial na Rússia, bem como na Bielorrússia,MacedóniaMoldávia e Ucrânia).
Quando a Tchecoslováquia integrava o Bloco Soviético (1948 - 1989), esta celebração foi apoiada peloPartido Comunista da Tchecoslováquia, e foi gradualmente transformando-se em paródia. O MDŽ (Mezinárodní den žen, "Dia Internacional da Mulher" em checo) era então usado como instrumento depropaganda do partido, que esperava assim convencer as mulheres de que considerava as necessidades ao formular políticas sociais. Durante as últimas décadas, o MDŽ acabou por se tornar uma paródia de si próprio. A cada dia 8 de março, as mulheres ganhavam uma flor ou um presentinho do chefe. Assim, o propósito original da celebração perdeu-se completamente. A celebração ritualística do partido no Dia Internacional da Mulher tornou-se estereotipada e era mesmo ridicularizada pelo cinema e pela televisão, na antiga Checoslováquia. Após o colapso da União Soviética, o MDŽ foi rapidamente abandonado como mais um símbolo ridicularizado do antigo regime.
No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado durante as décadas de 1910 e 1920, mas esmoreceu, sendo revitalizado pelomovimento feminista da década de 1960.
1975 foi designado como o Ano Internacional da Mulher,
FONTE:Wikipédia

Ofereço uma rosa a cada uma de vocês, mulher que é mãe, filha, tia, avó, sobrinha, prima, esposa. Que com a maneira de encarar a vida, e lidar com as situações faz a diferença nesse mundo dominado pela lógica, regras e pela pressa do mundo moderno, perfumando e iluminando por onde passa, acalmando e consolando  àqueles que a cercam! Feliz Dia Internacional da mulher e Que Deus as abençoe ricamente!

9 comentários:

Flávia Pereira disse...

Obrigado querida Silvana,
Para vc tb tenha um feliz dia.
Amiga vc tirou o pap do sapatinho do post anterior ... buááá,,, magoei viu... já estava planejando fazer ele... estou fazendo umas pantufas ao meu filho...

Rosa Goncalves disse...

Muito obrigada.
para voce tambem.

Nada mais contraditório
do que ser mulher

Mulher que pensa com o
coração, age pela emoção
e vence pelo amor.

Que vive milhões de emoções
num só dia, e transmite cada
uma delas num único olhar.

Que cobra de si a perfeição
e vive arrumando desculpas
para os erros daqueles a
quem ama.

Que hospeda no ventre outras
almas, dá a luz, e depois fica
cega diante da beleza dos
filhos que gerou.

Que dá as asas, ensina a voar,
mas não quer ver partir os
pássaros, mesmo sabendo
que eles não lhe pertencem.

Que se enfeita toda e perfuma o
leito, ainda que seu amor nem
perceba mais tais detalhes.

Que, como uma feiticeira,
transforma em luz e sorriso
as dores que sente na alma,
só pra ninguém notar.

E ainda tem de ser forte
para dar os ombros para
quem neles precise chorar.

Feliz do homem que por um
dia souber entender a alma
de uma mulher!

08 de Março-Dia Internacional da Mulher

Beijossssssss Rosa

Flávia Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Flávia Pereira disse...

Olha eu aqui de novo, rs ...
É o Blogger tá meio doidão mesmo, imagine que entrei na minha página e dizia que haviam 2 comentários para poder moderar, entrava na pagina para poder publicar-los e me dizia que não tinha nenhum comentário, vamos entender, rs. Mais agora encontrei o Pap sim e já guardei ele no pc com chave de ouro, rs. Eu queria saber se eu posso usar a mesma receita com uma lã de bebê e agulha numero 2 ou um fio Anne com agulha 1,75? Posso, me responda por favor! Meu anjo, aqui está difícil mesmo, olha só desde às 0:00 hrs desse dia até o presente momento há tremido mais de 15 vezes. Imagine 15 tremores diários com escala entre 4 a 6 graus. Mais como eu dizia no comentário da sua publicação anterior é hora de colocar a nossa confiança no Senhor e que o momento presente seja repleto de ações e não por palavras. Deus tem sido tão bom que desses 15 tremores que houveram até agora não senti nenhum. Deus é muito bom! Depois eu vou postar, creio que à noite, um tema no meu outro blog. Conto com a sua visita e espero que seja de edificação. Beijos com carinho. Que o Senhor te abençõe sempre!!! Bjinhos na sua princesa.

Obs.: Sobre a moderação dos comentários, muitas pessoas reclamaram e me enviaram até e-mails, tirei a verificação de palavras e pelo visto, até agora deu certo.

Artes da Marga disse...

Oi Silvana!
Vim dar os parabéns pelo dia e deixar um abraço. Impressionante como as mulheres sempre tiveram que lutar muito não é? Até hj elas ainda tem que gritar para não serem ofuscadas por aqueles que se dizem homens, maridos, patrões, governantes e lamentavelmente até filhos. Que pena. A melhora é pouca, precisa mais.
Bj
Margarida

Dan Hansen disse...

oi querida tem selinho pra vc no meu blog!!!!
BJks
dan

Flávia Pereira disse...

Oi minha querida!
Agradeço por dar-se o tempo de me escrever, fiquei muito feliz pelo seu e-mail. Vou tentar fazer com uma lã fina que tem aqui, eu teço apertadinho rs, tenho uma amiga que sempre me diz para soltar um pouco os pontos, mais na realidade acho que com o ponto apertadinho o trabalho fica mais bem feito, não gosto daqueles pontos largos e abertos que muita gente tecem assim, sou muito detalhista nessas coisas. Sobre o artículo do meu outro blog, me perdoa, não foi possível escrever ontem, o cansaço e o sono me venceram, dado de que ter filhos pequenos e ter que voltar a ser criança novamente, vc sabe do que estou falando rs. Hoje já coloquei o artículo. Pode deixar que vou mostrar sim e dar-lhe os merecidos créditos ... Estou com muitos projetos começados e não terminados, rs... Me emocionei com uma aula de tricô no youtube e já deixei a pantufa do meu filho de um lado e comecei o cardigam para ele... rs... depois vou ver se consigo postar no Arte e Labor. Beijos minha querida que Deus abençõe à vc e sua Família.

Roberta Granada disse...

Oi, adoro teu blog , tudo muito lindo como sempre,passe no meu blog também sobre artesanato em geral, com várias receitas,beijokas
http://agulhaetricot.com
http://agulhaetricot.blogspot.com
http://titacarre.elo7.com.br

Artes da Marga disse...

Oi Silvana, minha doce amiga!
Vim te dar um abraço e te convidar para ver minha tela rsrsrssr Eu nunca tinha pintado. Só papel rsrssr
Bj
Margarida

Sejam bem vindos!!! Welcome! Sean bien venidos!!!

Peças delicadas em crochet feitos por mim e idéias genias de revistas e outras artesãs.

Visitantes pelo mundo!